logo

Briga por dinheiro pode ter sido a causa do assassinato do pastor Anderson

Uma desavença familiar pode ter motivado o assassinato do pastor Anderson do Carmo de Souza, de 42 anos, marido da deputada federal Flordelis (PSD), na casa do casal em Pendotiba, em Niterói.

Ele foi morto com pelo menos 15 tiros durante a madrugada deste domingo, no condomínio onde morava junto com a esposa. Execução é a principal linha de investigação da polícia, mas outras linhas não foram descartadas pelos policiais.

A Delegacia de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI) já sabe que antes da ação dos criminosos, um dos cachorros da família foi dopado para não alertar os vizinhos durante a ação dos assassinos. Os agentes já sabem também que pelo menos três homens, encapuzados, participaram do crime.

“Houve uma desavença entre o Anderson e um parente por conta de dinheiro. Essa briga causou um racha e essa é a nossa principal linha de investigação”, disse um policial.

Jonas Amaral

Jonas Amaral - RP Nº: 911 - DRT / TO - Diretor Geral e Editor Chefe do Portal do Amaral – E-Mail: [email protected] – Tel. (63) 98471-7540 / 99975-7227 / WhatSapp: (63) 98471-7540

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.