logo

Conecte conosco

Figueirópolis comemora 39 anos com vasta programação festiva

Parabéns a todos que diariamente cumprem sua missão, contribuindo assim com o desenvolvimento do nosso município de Figueirópolis

A data de aniversário de emancipação do município de Figueirópolis, no sul do Estado, é dia 10 de junho, porém, a programação festiva começou na sexta-feira (07), quando a população foi presenteada com a apresentação da Banda Missão Sacramento (católica) e Discopraise (gospel), no palco montado ao lado da Praça da Matriz, tendo atraído um grande público.

Já para este sábado (08), o prefeito da cidade, Fernandes Rodrigues informa as atrações artísticas serão as bandas Sky Love do Forró e Skenta.

Para o domingo (09), acontece a final do Campeonato Municipal de Futebol, no Estádio Ostuil Soares, a partir das 15:30h. No período da noite Centro Paroquial, as festividades prosseguem, com direito a   churrasco dançante para a população figueiropolina, tendo a animação da banda de pagode Itimalia.

HISTÓRIA

A primeira aglomeração urbana iniciou-se em 1959, quando Cândido dos Santos Figueira teve a iniciativa de implantar em suas terras recém compradas, um loteamento o qual denominou “Figueirópolis”. Quando Cândido chegou no local, ali já vivia Francisco de Assis Sales (Francisco Felipe), considerado um dos pioneiros. A região em questão era cortada pela Rodovia Belém-Brasília (BR-153), que liga a capital da República a Belém do Pará. Às margens dela começou a se desenvolver a cidade.

Em 1960, o nascente povoado assistiu ao primeiro ato religioso na residência de Cândido dos Santos Figueira, uma missa celebrada pelo Padre Geraldo Torres, no dia 24 de junho, dia consagrado a São João Batista que se tornou o santo padroeiro do lugar. Introduziu-se, então, a religiosidade aos primeiros moradores.

Os que ali se estabeleceram como pioneiros do comércio foram: Antônio Moraes e os irmãos Sérgio Acrisio de Paula Souz e Sandoval (Sadó). Hoje Sandoval Pereira da Silva reside na fazenda Bom Jardim, no município de Dois Irmãos do Tocantins, onde mora com a mulher Nazaré Correia da Silva (Sula).

Em 3 de outubro de 1960, Cândido Figueira foi eleito vice-prefeito de Peixe, o que trouxe acentuado progresso ao povoado durante sua posse

Em 1961, Gelça Florença, procedente da cidade de Porto Nacional, estabeleceu-se ali uma pensão tornando se o ponto preferido dos motoristas e local social do povoado de Figueirópolis, que a batizaram como a Mãe de Figueirópolis. Também em 1961 chega Josína Maria da Conceição, Mãe josína que ajudou a trazer ao mundo muitos filhos de Figueirópolis, como parteira sendo uma das principais figuras da cidade.

Em 6 de janeiro de 1961, faleceu Cândido Figueira, seu sobrinho Wadson Figueira de Abreu, passou a residir-se no povoado e lutar pelo seu desenvolvimento. Em 1962, foi vereador pelo município de Peixe.

Pela Lei n° 8.840, de 10 de junho de 1980, passou a condição de município, desmembrando-se de Peixe. O 1° prefeito eleito foi Viturino Teles de Souza, sendo o 2° João José Alves Milhomens,(Zezé Araguaia que tomou posse em 1 de janeiro de 1989, o 3° fora Ernane Rocha Dourado que que tomou posse em 01 de janeiro de 1993, mas não concluiu o mandato em razão do seu falecimento, terminando o mandato Martins Rodrigues da Luz (4° Prefeito da história do município), em 1 de janeiro de 1997 teve posse o 5° Prefeito de Figueirópolis Senhor Wadson Figueira de Abreu, a 1° gestora municipal mulher e 6° no geral restou empossada em 1 de janeiro de 2001, Senhora Benvinda de Sousa Milhomem, em 1 de janeiro de 2005 tomou posse o Prefeito José Fontoura Primo, 6° Prefeito de Figueirópolis e o primeiro a conseguir reeleição, por sua fez Fernandes Rodrigues Martins tomou posse em 1 de janeiro de 2013, sendo ele o 7° Prefeito do município e atual gestor visto que também conseguiu se reeleger com 71.97% dos votos válidos.

MENSAGEM DO PREFEITO

“Parabéns a todos que diariamente cumprem sua missão, contribuindo assim com o desenvolvimento do nosso município de Figueirópolis; buscando sempre novos projetos e aceitando o desafio de fazer mais e melhor; não perdendo de vista os anseios da comunidade, mostrando assim que não existem fronteiras ou limites para alcançarmos nossos objetivos; existem sim barreiras e desafios que serão transpostas sempre que for da vontade daqueles que governam e principalmente, se for fruto do anseio do nosso povo, Parabéns, Figueirópolis pelos seus 39 anos de muita história”. Fernandes Rodrigues – Prefeito Municipal.

 

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.