logo

ATM senta com a UFT para discutir desenvolvimento regional; Presidente Jairo Mariano pede projeto para outras regiões do Estado

Associação reúne representantes dos Municípios da região Central para discutir com a Universidade desenvolvimento da Região Metropolitana de Palmas

Ao atender ao pedido de representantes do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional da Universidade Federal do Tocantins (UFT), a Associação Tocantinense de Municípios (ATM) reuniu, nesta quinta-feira (12), na sede da ATM em Palmas, representantes de 16 municípios da região central que integram a chamada Região Metropolitana de Palmas.

O intuito de encontro foi promover um debate entre representantes dos Municípios e o corpo docente e acadêmicos do programa sobre o desenvolvimento regional dos Municípios dessa Região Metropolitana, a partir da perspectiva do progresso sustentável das comunidades locais, estabelecidas pela Agenda 2030, da Organização das Nações Unidas.

Centro de Desenvolvimento Regional

O Programa de Pós-Graduação apresentou a implementação do Centro de Desenvolvimento Regional na Região Metropolitana de Palmas. “A UFT tem muitas práticas aplicáveis que podem ser repassadas por meio de ações aos Municípios que integram essa região. A ideia é levar informação, capacitação e ações aos gestores municipais, pautados por princípios da Inovação, da Sustentabilidade e da Inclusão Social, para que estratégias sejam traçadas em busca do desenvolvimento”, explicou o professor do Programa, Dr. Waldecy Rodrigues.

Outras regiões

Entusiasta do projeto, o presidente da ATM e prefeito de Pedro Afonso, Jairo Mariano, pediu aos docentes presentes que o projeto seja também aplicado em outras regiões do Estado. “Precisamos levar projetos de desenvolvimento regional ao Jalapão, onde há pessoas vivendo com baixo IDH (Índice de Desenvolvimento Humano), ao Sudeste do Tocantins, onde o clima árido dificulta a qualidade de vida e produção local”, pediu.

Ações

De forma prática, o professor Dr. Waldec, elencou algumas ações do projeto, sendo: elaboração do Plano Municipal de Desenvolvimento; Captação de Recursos; Atuação sobre as Cadeias Produtivas; Capacitação dos agentes municipais de desenvolvimento e atração de investimentos. É previsto ainda a oferta do Curso de Formação de Promotores de Desenvolvimento Regional.

Prefeitos

Apesar de seus municípios não integrarem a Região Metropolitana de Palmas, os prefeitos Fábio Vaz (Palmeirópolis) e Ailton Francisco (Presidente Kennedy) estiveram presentes, pois são acadêmicos de Mestrado em Desenvolvimento Regional por meio da parceria ATM/UFT. “Os Municípios precisam se aproximar das referencias intelectuais para que o conhecimento chegue à ponta”, disse Vaz.  “Há muita seriedade nos programas da Universidade e isso é um grande ganho aos Municípios”, disse o prefeito de Presidente Kennedy.

Durante a reunião foram apresentados os indicadores Socioeconômicos da Região Metropolitana de Palmas, que engloba os municípios de Aparecida do Rio Negro, Barrolândia, Brejinho de Nazaré, Fátima, Ipueiras, Lajeado, Miracema, Miranorte, Monte do Carmo, Oliveira de Fátima, Palmas, Paraíso, Porto Nacional, Pugmil, Silvanópolis e Tocantínia.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.