logo

Aprovado PL que torna Tucunaré símbolo e patrimônio natural de Palmas

As riquezas do Lago de Palmas e a logística da cidade têm proporcionado o crescimento das atividades pesqueiras na capital. Pensando nesse potencial, o vereador Filipe Martins (PSC) tem sido pertinaz nas indicações que tratam o assunto.

Ele é autor do Projeto de Lei que tornará o Tucunaré a espécie símbolo e patrimônio natural de Palmas, aprovado nesta quarta-feira, 11, durante sessão extraordinária na Câmara de Vereadores.

O Tucunaré é o tipo de peixe mais visado, tanto por quem vem de fora e principalmente, pela própria população do estado, sendo que a grande porcentagem de Tucunarés está mais concentrada no Lago de Palmas.

Uma reportagem do portal Primeira Página mostra que turistas que vêm especialmente do Sul e Sudeste do Brasil se interessam muito pela pesca do Tucunaré Azul, espécie nativa da Bacia Tocantins-Araguaia.

É uma espécie que precisa de preservação e só conseguiremos isso através da conscientização e valorização de algo que é nosso. Esperamos que a Prefeitura sancione o projeto”, ponderou o vereador.

No uso de suas atribuições na casa de leis, Martins já apresentou diversos projetos, como o que cria a Semana Municipal da Pesca, esse já foi sancionado e é lei. O objetivo é incentivar o setor através de um programa municipal de recreação e pesca em Palmas, autorizando o esporte em locais a serem definidos pelo poder público.

O parlamentar também já solicitou que Palmas receba o título de Capital Brasileira do Caiaque.

Essas iniciativas devem alavancar a economia e beneficiar os guias pesqueiros do Tocantins, canoeiros e pescadores esportivos e assim, toda a cidade.

A pesca esportiva é legítima e importante para o cuidado com o lago. Preservar a natureza é utilizá-la com responsabilidade e para aproveitar melhor esse potencial, tenho defendido junto ao governo municipal a implementação de ações para fortalecer o setor”, explicou Filipe Martins

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.