logo

Totens de atendimento ao cidadão são entregues em mais três comarcas

Novos totens de atendimento ao cidadão foram entregues pelo Poder Judiciário a comarcas do interior do estado. Nesta quinta-feira (09/03) e sexta-feira (10/03) foi a vez das comarcas de Itacajá, Arapoema e Colméia receberem a ferramenta de comunicação direta com o jurisdicionado.

A Ouvidora Judiciária, desembargadora Ângela Prudente, visitou os fóruns onde os equipamentos foram instalados e reforçou a importância dos totens para a população. Para a desembargadora, eles são um canal para facilitar o aprimoramento da prestação jurisdicional.  “Essa ferramenta contribui para  a melhoria na qualidade dos serviços; a demanda é crescente, porque as pessoas acreditam no Judiciário”, enfatizou.

1. ItacajáOs totens estão sendo entregues às comarcas para que os cidadãos que não possuem acesso à internet, principalmente, possam se beneficiar e tirar alguma dúvida em relação ao Poder Judiciário, ou mesmo fazer sugestões. A Ouvidoria Judiciária é responsável por intermediar o processo de solução dos possíveis problemas apresentados pelos jurisdicionados.

De acordo com o magistrado Rosemilto Alves de Oliveira, de Arapoema, a ferramenta de comunicação é uma forma de aproximação da justiça com a sociedade. “Trabalhamos para atender as necessidades do povo, somos servidores no sentido literal da palavra”, frisou.

Já o servidor capacitado da Ouvidoria em Colméia, Djalma Germano de Araújo Filho, ressaltou que o totem de atendimento ao cidadão é muito importante para sanar dúvidas e solucionar problemas na Comarca. “O trabalho da Ouvidoria é de extrema necessidade para o desenvolvimento do Judiciário”, assegurou.

As solenidades de entrega dos totens contaram com a presença da comunidade local, servidores, autoridades e os magistrados responsáveis pelas comarcas: juiz Marcelo Eliseu Rostirolla (Itacajá); juiz Rosemilto Alves de Oliveira (Arapoema); e juiz Ricardo Gagliardi (Colméia).

Após a entrega dos totens, a desembargadora Ângela Prudente, também presidente do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), realizou audiências públicas para tratar da biometria.

Fonte:
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.