logo

Polícia Civil divulga balanço final da Operação Ali Bábá em Araguaína

Por meio de entrevista coletiva, realizada na tarde desta quarta-feira (20), em Araguaína, os delegados Breno Eduardo Campos, Fellipe Crivelaro e Pedro Nunes, da Delegacia de Repressão a Roubos (DRR), de Araguaína, forneceram mais detalhes sobre a operação “Ali Baba”, deflagrada na primeira quinzena de marçon e resultando no indiciamento de 40 suspeitos de roubos a transeuntes, residências e estabelecimentos comerciais.

Conforme o delegado Breno, os inquéritos foram abertos com a finalidade de investigar crimes de roubos praticados em vários setores da cidade, sendo que muitos deles foram efetuados com emprego de extrema violência, arma de fogo e grave ameaça às vítimas. A operação resultou na prisão de 25 indivíduos, que já se encontram recolhidos à Casa de Prisão Provisória de Araguaína (CPPA).

“Com muita dedicação e empenho, deflagramos a operação Ali Babá, visando apurar crimes praticados nos anos de 2018 e 2019, sendo que as ações ocorriam aleatoriamente em diferentes pontos da cidade, em qualquer período do dia ou da noite. Vale ressaltar que a maioria dos indivíduos presos ou indiciados já possui uma extensa ficha criminal e passagens pela polícia, não só por roubos, mas também por vários outros tipos de crimes”, ressaltou o delegado.

Um dos casos de grande repercussão, apurado no contexto da referida operação, ocorreu em um estabelecimento comercial, no centro da cidade, em setembro de 2018, e que causou prejuízos da ordem de R$ 15.000,00 (quinze mil reais) em mercadorias roubadas, sendo que grande parte dos produtos foram localizados e devolvidos à vítima pela Polícia Civil.

O delegado enfatiza também que vários indivíduos que estavam de posse dos bens roubados foram indiciados pelo crime de receptação e responderão criminalmente, conforme determina a legislação penal em vigor.

O delegado Breno frisa ainda que esta é a primeira vez que há um esforço concentrado para se investigar tantos crimes de roubos ao mesmo tempo. “Trata-se da maior ação de repressão qualificada a crimes de roubo já realizada no Estado, sendo que, certamente, irá reduzir os índices futuros de criminalidade, em Araguaína e região”, destacou.

Ao levantar o balanço final da Operação, o delegado Felipe Crivelaro pontuou o êxito da ação para a sensação de paz e tranqüilidade à população de Araguaína.“São trinta e três inquéritos concluídos, identificando 40 autores de crimes de roubo ocorridos na cidade, sendo que 25 deles estão presos e à disposição da Justiça, reduzindo, assim, o índice geral destes crimes na região”, conclui Fellipe.

Jonas Amaral

Jonas Amaral - RP Nº: 911 - DRT / TO - Diretor Geral e Editor Chefe do Portal do Amaral – E-Mail: [email protected] – Tel. (63) 98471-7540 / 99975-7227 / WhatSapp: (63) 98471-7540

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.