logo

Poder Judiciário inicia nova etapa do projeto Gestão por Competências

O início das atividades do projeto Gestão por Competências do Poder Judiciário do Tocantins em 2016 foi marcado por uma palestra de sensibilização proferida pelo consultor Rogério Leme na tarde desta segunda-feira (1/2), no auditório do TJTO.

O evento foi aberto pelo Diretor Geral do Tribunal de Justiça, Francisco Cardoso Filho, que falou sobre a importância do projeto para o fortalecimento contínuo do Poder Judiciário. O diretor geral deixou claro que é fundamental a participação de todos os servidores para o sucesso da iniciativa.

O projeto Gestão por Competências executou até o momento as etapas de identificação do perfil de cada cargo. Agora chegou o momento de apontar qual o perfil do ocupante daquele posto de trabalho. Segundo o consultor Rogério Leme, a ideia é fazer a visualização das competências que o servidor tem para comparar com o perfil do posto de trabalho e, desta forma, levantar quais são as necessidades de capacitação e  desenvolvimento de cada servidor.

“O objetivo é fazer a identificação para que, da comparação do perfil ideal versus o perfil real, possamos ter a clareza exatamente do que precisa ser desenvolvido no servidor e então ser preparado o programa de capacitação”, disse.

Rogério Leme afirmou que, ao fazer a avaliação, o servidor não precisa ficar preocupado se vai ser bem ou mal avaliado, se vai prejudicar ou não alguém. “A palestra é para explicar que a avaliação tem como objetivo principal o desenvolvimento do servidor”, ressaltou.

Engajamento

A servidora Maria das Graças Castro avaliou positivamente a nova fase do projeto. “A gente vive um momento importante, que é a sensibilização do servidor sobre a importância do projeto. Respondendo e avaliando conscientemente e com responsabilidade vamos contribuir com os objetivos da instituição. Ganha o servidor, ganha o gestor e ganha o Judiciário”.

Parceiros:

Par_02

Fonte:
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.
error: Conteúdo protegido!!