logo

No MEC, deputada Josi Nunes busca a viabilidade de recursos para Unirg

Acompanhando o Presidente da Unirg, Thiago Benfica, a deputada federal Josi Nunes (PMDB/TO) participou nesta quinta-feira, 05, de uma audiência com a assessoria jurídica do Ministério da Educação (MEC) e com o Secretário de Educação Superior, Paulo Barone, para tratar sobre a viabilidade de recursos para o Centro Universitário Unirg.

A parlamentar explica que em maio deste ano, esteve em uma reunião com o Ministro da Educação, Mendonça Filho, juntamente com o ex- Presidente da Unirg,  Sávio Barbalho, a Reitora  Lady Sakay e o Presidente da APUG Gil Correia para tratar sobre a situação da instituição.  “Naquela época, o Ministério ficou de estudar a situação da Unirg, pois o fato da instituição  cobrar mensalidade, no entendimento do Mec ela é considerada  é privada e por isso, não pode receber recursos federal. Eu coloquei um recurso no ano passado de R$3 milhões de reais. Embora o este recurso esteja contingenciado e mesmo que não que  não estivesse, a Unirg não poderia receber  porque o ministério não sanou esta dúvida”, explicou.

Ainda de acordo com a deputada, na audiência desta quinta, a equipe jurídica demonstrou outro entendimento. “Na reunião de hoje, a equipe do MEC que participou da reunião demostrou um entendimento diferente no sentido de que a instituição pode ser considerada  pública e assim,  receber recurso federal . Essa equipe ficou de conversar com o Ministro Mendonça e também, com a  equipe de orçamento. Ficaram de nos dar  uma resposta que espero ser positiva. Nós estamos lutando para que as nossas emendas possam ser aprovadas, liberadas e que desta forma, a Unirg  possa fazer obras  importantes”, completou.

Avaliando positivamente a reunião, o Presidente da Unirg, Thiago Benfica, demonstrou confiança para a solução deste impasse. “ A reunião foi muito positiva. É um pleito antigo da nossa fundação ter essa natureza para  poder obter recursos federais. Foi muito importante a interseção da deputada Josi  neste sentindo. Nós estamos confiantes que o Ministério da Educação vai viabilizar para que a nossa  Unirg  angarie esses recursos  que serão usados em prol da instituição e do centro universitário. Gurupi precisa , a região precisa, o Tocantins precisa”, reforçou.

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.