logo

Haras Liderança e APAE se preparam para receber uma nova turma da Equoterapia

O Haras Liderança de Araguaína vivenciou uma mistura de sentimentos no último dia 2 de fevereiro. Um grupo de pais e alunos da APAE (Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais) de Araguaína participou da aula de despedida da Equoterapia e deram as boas vindas para a nova turma que iniciará as atividades ainda este mês.

O momento foi especial e ainda contou com uma apresentação da prática do Volteio, modalidade do hipismo na qual o praticante realiza acrobacia em cima do cavalo em movimento, e Dressage, adestramento que usa música e dança.

Para o proprietário do haras, Robson Silveira, apesar da tristeza do clima de despedida, o sentimento é de dever cumprido. “Estamos felizes porque vemos a evolução desses alunos. Torcemos para que eles possam conquistar cada vez mais melhoras e agora estamos de braços abertos para receber novos apaeanos”.

Sem palavras

Durante a “aula da saudade”, dois alunos da APAE, Flávio Luis, de 10 anos, e Bárbara Cruz Mota, de 13 anos, realizaram uma última atividade da Equoterapia como demonstração.

A mãe do Flávio, Luzitânia Pereira de Moura, disse que não tinha palavras para explicar os ganhos que o jovem teve com as aulas. “A principal melhora foi o todo, a fala, o convívio social, até mesmo o toque, porque ele não gostava que tocassem nele. Eu posso dizer que foi uma melhora extraordinária. As pessoas chegam até a me perguntar o que foi que eu fiz com o Flávio Luis, e foi a Equoterapia”, conta a mãe.

E a última aula não é motivo de tristeza para Luzitânia. “As aulas vão deixar saudade, mas assim como meu filho teve essa oportunidade de melhora, eu tenho certeza que outras pessoas têm esse direito de vivenciar essa mudança com a Equoterapia. Eu só tenho agradecer a todos por esses dois anos”.

Parceria de sucesso

Há pelo menos dois anos, a APAE de Araguaína e o Haras Liderança uniram forças para oportunizar uma terapia que trabalhasse a evolução integral dos alunos. “É uma mudança fantástica na área motora, social e educacional do aluno. E, principalmente, as famílias relatam que a criança mudou 100% seu comportamento no dia a dia”, afirma o professor de Educação Física da APAE, Amilton Alves Costa.

A ideia é que parceria possa levar a Equoterapia para o máximo de apaeanos possível, dentro do universo de cerca de 370 pessoas atendidas pela entidade. “Infelizmente, nem todas estão aptas para esta atividade, mas há uma demanda boa para ser acolhida”, completa Amilton.

Volteio e Dressage

O cronograma de atividades da aula de despedida ainda trouxe uma exibição dedressage, técnica de adestramento apresentada pelo empresário Robson Silveira que reúne dança, música, equitação e esporte. O dressage é também uma modalidade olímpica regulada pela Federação Equestre Internacional (FEI).

Na sequência, os alunos assistiram à apresentação do Volteio, conduzida pelo instrutor de equitação e volteador do Exército Brasileiro, Erik Pereira Rufino. A modalidade une movimentos artísticos, acrobacias e também é considerado um esporte.

“O volteio traz controle emocional e a pessoa passa a ter mais coragem, mais confiança, além, claro, dos ganhos para a saúde, a elasticidade do corpo”, explica Erik.

O instrutor conta que, nesta modalidade, o relacionamento com o cavalo é de respeito e liberdade. “A gente tenta passar para o público e para o animal essa tranquilidade, a simplicidade da atividade”.

O volteio ainda é pouco praticado na região, por isso o Haras Liderança e o Erik planejam difundir a atividade nos próximos meses. “Alguns praticam para aprimorar a equitação, outros para ganhar condicionamento físico e tenha até quem queria se especializar para participar de campeonatos. Estamos trabalhando para oferecer o volteio aqui em Araguaína”, informa Erik.

Fonte:
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.