logo

Governo inicia obras de extensão de rede água em Ponte Alta do Tocantins

Com investimento de R$ 289 mil, o Governo do Tocantins, a partir do trabalho da Agência Tocantinense de Saneamento (ATS), iniciou a implantação de mais de seis mil metros de rede de distribuição de água no município de Ponte Alta do Tocantins, distante 187 km da Capital.

Assim, o mês de fevereiro começa com uma excelente notícia aos moradores dos setores Sul, Esperança e Aeroporto. Um benefício que vai melhorar a qualidade de vida de cerca de 300 famílias que vivem nestes setores, cujos imóveis ainda estão pendentes de regularização, mas não impede que o Governo realize obras nestas localidades.

O presidente da ATS Eder Fernandes reforçou o compromisso firmado e atendido pelo Governo do Tocantins com a comunidade local. “Havíamos feito o compromisso de que nesse primeiro trimestre do ano nós já iríamos atender, e assim foi feito. As obras já iniciaram e a perspectiva é que até o final do mês já estejamos no município, juntamente com o governador Marcelo Miranda, fazendo de forma oficial a entrega dessa ampliação da rede de distribuição de água que atenderá a quase 300 famílias”, destacou.

Comunidade comemora

A manicure e cabeleireira Luciana Aires, é moradora do setor Esperança há dois anos. Ela conta que quando falta água na cisterna da vizinhança, ela e os outros moradores precisam percorrer aproximadamente 2 km até um córrego para ter acesso à água. “Hoje é muito difícil, porque é tudo emprestado e dividido com os vizinhos. Caixa d’água a gente não tem. Quando acaba essa água são até três dias sem, chegam clientes e não tenho como atender”, conta.

Com o início das obras nessa quarta-feira, 1º, Luciana e sua família têm motivos para celebrarem a conquista. “Fico muito satisfeita, é colocando e tampando os canos e acho que não vai esse final de semana e estará pronto. Há dois anos nos esperávamos por essa água. Hoje já é algo concreto e vai sair mesmo”, comemora.

“Tendo água na porta a pessoa vive bem. Com a água é tudo, sem a água ninguém vive”, disse o lavrador Juarez Nogueira da Silva, morador da zona rural do município, mas todo mês está na cidade, na casa de uma das filhas, moradora do setor Sul.  “A minha filha mora aqui e vive uma vida sofrida porque vive de aluguel. Ela precisa da água para fazer a casinha dela, porque ela tem um lote, a água vindo quanto mais ligeiro melhor”, explicou.

A assistente social Claudiane Noleto foi uma porta-voz da comunidade em prol da extensão de rede a estes setores. “Com essa dificuldade que a manicure tem de trabalhar por causa da falta de água, ou de colocar qualquer outro serviço, agora com essa água instalada vai sanar esses problemas. Vamos poder tirar mais pessoas na vulnerabilidade social, inserir em mais cursos e dar mais oportunidades, porque a água é um bem precioso para todos”, ponderou.

A previsão da ATS é que a obra seja concluída até a para a próxima semana, e os moradores dos setores Sul, Esperança e Aeroporto já comecem a usufruir do benefício imediatamente.

Fonte:
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.