logo

Estado disponibiliza preservativos para atender municípios no período de Carnaval

Como parte das ações do Carnaval do Bem e com o intuito de orientar e garantir acesso a métodos preventivos, o Governo do Estado, por meio da Secretaria de Estado da Saúde, está disponibilizando preservativos masculinos e femininos para atender a todos os municípios do Estado no período de Carnaval.

Em estoque tem mais de 440 mil unidades de preservativos masculinos e 40 mil de preservativos femininos, além de mais de 160 mil unidades de gel lubrificante. A meta é ampliar cada vez mais o acesso aos preservativos pela população e em especial aos jovens.

Segundo dados da Gerência Estadual das Doenças Sexualmente Transmissíveis (DST/Aids), em 2016, foram notificados 85 casos novos de Aids. Em 2015, foram notificados 115 casos novos em todo o Estado. Com relação às infecções pelo vírus HIV, 240 casos novos foram registrados em 2016, e 245 casos em 2015.

Neste mês de fevereiro cerca de 40 municípios já buscaram os insumos de prevenção. Segundo Márcio Tales, assessor da Área de Prevenção das DST/Aids, o kit  inclui a camisinha feminina, a camisinha masculina de 52 mm e 49 mm e também o gel lubrificante. “Toda semana chega insumos, ainda receberemos cerca de 300 mil preservativos na semana que antecede o Carnaval, além de folhetos informativos sobre como se prevenir das DSTs e Aids”, destacou.

Municípios podem retirar material de prevenção para o Carnaval - Governo do TocantinsDSTs: Aids

A ingestão de bebidas alcoólicas e a alegria do momento tornam o Carnaval um dos períodos mais preocupantes para a saúde, pois é nessa época que aumentam os riscos de transmissão das doenças sexualmente transmissíveis (DSTs).

A Aids é ainda a principal DST registrada no Brasil, uma doença que ataca o sistema imunológico devido à destruição dos glóbulos brancos. O vírus HIV pode ser transmitido pelo sangue, esperma e secreção vaginal, pelo leite materno, ou transfusão de sangue contaminado. O portador do HIV, mesmo sem apresentar os sintomas da Aids, pode transmitir o vírus, por isso, a importância do uso de preservativo em todas as relações sexuais.

Apesar dos grandes avanços em relação ao tratamento e qualidade de vida dos portadores do vírus, um dos maiores problemas que envolvem a AIDS continua sendo a falta de diagnóstico precoce. Para fazer o teste, a pessoa pode procurar um Serviço de Atendimento Especializado (SAE) ou o médico na unidade básica de saúde mais próxima da sua casa. O tratamento é oferecido gratuitamente, através de medicação e acompanhamento multiprofissional.

Camisinha é a melhor forma de prevenção- Valdo França (8)Projeto Vida no Trânsito

Segundo Simone Gondim, da Gerência de Doenças e Agravos Não Transmissíveis, em decorrência das festividades de Carnaval vai acontecer também o Projeto Vida no Trânsito, com blitz educativas e repressivas para redução de acidentes. “Estamos traçando estratégias de ações para o Carnaval e nossas ações serão voltadas para o público de escolas e rodovias, porque temos como parceira a Secretaria de Estado da Educação, que vai realizar ações em 13 regionais, e a Polícia Rodoviária Federal (PRF)”, disse.

Também são parceiros do projeto, o Corpo de Bombeiros Militar do Tocantins, Secretaria de Estado de Segurança Pública (SSP), Secretaria Municipal de Saúde, Secretária Municipal de Acessibilidade, Mobilidade, Trânsito e Transporte (SMAMTT), Departamento de Trânsito do Tocantins (Detran) e Polícia Militar do Tocantins.

Fonte:
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.