logo

header-ad

Edinho Fernandes, Presidente do PMDB de Gurupi defende candidatura própria à prefeitura

Segundo Edinho Fernandes um grupo do PMDB de Gurupi tem articulado para que o partido saia de coadjuvante e assuma uma postura mais ousada.

“Está na hora do partido ter um candidato a Prefeito. Estamos nos reunindo constantemente e a cada reunião essa ideia vem amadurecendo cada vez mais: a grande maioria dos membros do diretório defende essa ideia. Mas estamos tendo cautela, conversando com a população e principalmente com nossos dois grandes líderes, a deputada Josi Nunes e Governador Marcelo Miranda. A opinião deles será fundamental para o caminho que iremos seguir nessas eleições”, disse Edinho.

Edinho, a postura do Diretório Municipal ainda não foi avalizada pelo governador Marcelo Miranda, mas deverá ser anunciada nos próximos dias. Caso confirme terá que trabalhar para reorganizar a oposição que tem ficado esfacelada, desde que o seu ex-líder, vereador Jonas Barros (PV), ter declarado apoio ao prefeito Laurez Moreira (PSB).

“O Governador ainda não deu indícios sobre qualquer apoio em Gurupi para essas eleições. Acredito que irá nos chamar para conversar nos próximos dias para juntos tomarmos uma decisão”, disse.

O pensamento do diretório do partido parece não ser o mesmo da líder mor da sigla na região sul do Tocantins, deputada federal, Josi Nunes, que hoje tem a vice, Dolores Nunes na prefeitura de Gurupi, a Secretária Municipal de Desenvolvimento Social e o chefe da Procuradoria do Município.

“Não conversamos ainda sobre a hipótese de entregar cargos. A Deputada deixou bem claro que não pretende disputar as eleições este ano e que se fosse hoje as mesmas manteria o apoio ao Prefeito Laurez”, disse.

___

Parceiros:

Pro_3

Fonte:
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.