logo

Comarca de Ponte Alta recebe totem de atendimento ao cidadão

O canal de comunicação direto com o jurisdicionado foi entregue na manhã desta segunda-feira (20/02), em Ponte Alta do Tocantins, com a presença da comunidade local, da ouvidora judiciária, desembargadora Ângela Prudente, e de outras autoridades.

FOTO 4 TJNo evento, além do juiz diretor do Foro, Jordan Jardim, compareceram: o prefeito de Ponte Alta, Kleber Rodrigues de Sousa; presidente da Câmara João Coelho de Sousa, e alguns vereadores; secretário de administração, Wagner Carvalho; secretário de agricultura, Solanjo Araújo; secretário de meio ambiente e turismo, José Carlos Rufo; Secretário de educação, Edgar Alves Pimenta; representando o secretário de saúde, a diretora do Hospital de Pequeno Porte, Ileana Carvalho Ribeiro; representando o Ministério Público, promotor Leonardo Valério Pulis Ateniense; diretores de escolas estaduais e municipais; secretário de administração e orçamento do Tribunal Regional Eleitoral (TRE), Márcio Santiago. Autoridades de Pindorama: prefeito, Almir Batista Silva Amaral; presidente da Câmara, vereador Glênio Marques de Oliveira.

FOTO 3 TJA ouvidora judiciária falou dos benefícios da ferramenta de comunicação, e frisa que é uma iniciativa inédita no país. O Tribunal de Justiça do Tocantins é o único que conta com o totem de atendimento ao cidadão. “Somos referência nacional, por ser uma ouvidoria proativa que visa colaborar com os serviços realizados no judiciário tocantinense”, pontuou.

Para Milenna Lúcia de Oliveira Santos Turíbio, servidora capacitada da Ouvidoria Judiciária, é um canal de comunicação que ajuda bastante no atendimento ao cidadão, as dúvidas são sanadas ali mesmo. “Muitas vezes a pessoa queria fazer uma reclamação na Corregedoria, procedimento que se torna desnecessário, pois com o totem basta explicar ao usuário e ele já entende FOTO 5 TJcomo proceder”, afirma.

O juiz diretor da comarca, Jordan Jardim, agradeceu pela entrega da ferramenta. Que é, segundo o magistrado, um equipamento facilitador pensado no jurisdicionado, para resolver problemas de forma rápida.

A desembargadora Ângela Prudente, também presidente do TRE, continuou os trabalhos com audiência pública para tratar da biometria.

FOTO 2 TJ

Fonte:
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.