logo

Com gestão democrática escola realiza processo para eleger representantes de turmas que participarão de todas as decisões na unidade

A Escola Presbiteriana de Colinas encerra nesta sexta-feira, 10, o período de eleições para representantes das turmas. A votação foi iniciada na terça-feira, com os 600 estudantes do 4º ao 9º ano do Ensino Fundamental dos turnos vespertino e matutino.

Para a diretora da escola, Geraldina Costa, essa responsabilidade fortalece a participação de todos no processo ensino e aprendizagem. “Com representantes de turmas resgatamos a prática da cooperação, a responsabilidade e o comprometimento de todos para construir uma escola democrática, uma vez que o representante precisa discutir as ações com os colegas”.

DSC01873 (1)Roseane Maria da Cruz explicou que “esse processo eleitoral efetiva a participação dos alunos na construção do desenvolvimento e aprendizagem, pois por meio deste exercício criamos uma consciência coletiva, autônoma e emancipadora”.  Conforme a orientadora Educacional a participação dos alunos na tomada de decisões dentro da escola é também fundamental para sua formação, uma vez que com essa experiência ele aprende como proceder nos demais áreas.

“Este processo busca melhorar aprendizado e também auxilia para que os alunos esclareçam o que eles querem que seja melhorado. O representante de turma é muito importante, ele pode ajudar os professores e os colegas na compreensão dos conteúdos, organiza gincanas, e tem ainda a função de ser mediador em qualquer circunstância, para evitar conflitos e brigas entre os demais colegas”, ressaltou Tayná Pereira dos Santos, presidente eleita do 8º ano.

Processo Eleitoral

As eleições estão acontecendo nas salas de aula, em que o nome dos candidatos são escritos no quadro para o voto. O voto é aberto, e à medida que os alunos vão votando, os professores com o acompanhamento da coordenação da escola vai anotando no quadro. Ao final, o estudante que tiver maior número de votos é eleito presidente da classe, e o segundo colocado recebe a função de vice-presidente. As funções servem para que os eleitos participem das decisões da escola e auxilie a comunidade escolar na execução de atividades. Todo o processo é registrado na escola, e os alunos votantes assinam o termo de escolha.

Fonte:
Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.