logo

13º SALÁRIO: Após cobrança do SISEPE-TO secretário corrige informação

O presidente do SISEPE-TO, Cleiton Pinheiro, acompanhado do Secretário-geral, Clayrton Cleiber Xavier; o suplente de Secretário-geral, Rorilândio Nunes; e o Diretor de Qualificação Técnica e Formação Profissional, Luiz Carlos Benedito, se reuniram na manhã desta terça-feira, 9, com o Secretário da Administração, Geferson Barros, para cobrar esclarecimentos sobre a antecipação do 13º salário aos servidores públicos.

Os representantes do SISEPE-TO protocolaram ofício cobrando o cumprimento do Decreto nº 5.767 de 5 de janeiro de 2018 e fizeram a cobrança pessoalmente ao gestor. A notícia de que o governo irá pagar o 13º no mês de aniversário do servidor causou confusão. O artigo 1º do decreto diz que “a gratificação natalina, instituída na forma de lei, será paga integralmente, por antecipação, no mês de nascimento dos servidores públicos civis e militares vinculados ao Poder Executivo Estadual.”

Após a cobrança o Secretário retificou informações divulgadas errôneamente pelo próprio governo de que o pagamento seria feito no mês subseqüente ao aniversário do servidor e esclareceu que a gratificação natalina será calculada no aniversário do servidor, sendo que aqueles que fizerem aniversário em dezembro receberão o 13º até o dia 20 do mês.

No ofício o SISEPE-TO cobra também o pagamento da diferença da gratificação natalina referente à implementação da revisão geral anual (data-base) que ocorre no mês de maio de cada ano, o que acarretaria prejuízos financeiros aos servidores que nasceram a partir do mês de maio.

De acordo com Geferson Barros, a regulamentação do decreto que antecipa o 13º deverá ser publicada na edição desta terça-feira no Diário Oficial do Estado.

PENDÊNCIAS

Ainda durante a reunião desta terça-feira, Geferson Barros voltou a garantir aos representantes do SISEPE-TO que a empresa que irá assumir o Plansaúde a partir da saída da Unimed, cujo contrato se encerra na sexta-feira, dia 12 de janeiro, será conhecida na próxima segunda-feira, 15. O gestor garantiu que, durante a transição, os atendimentos aos beneficiários não serão suspensos.

O secretário também falou sobre a Medida Provisória publicada no ano passado que instituiu o Programa de Desligamento Voluntário (PDV,) a jornada de trabalho reduzida com incentivo remuneratório e a licença sem remuneração com pagamento de incentivo em dinheiro. Segundo Barros, a regulamentação do PDV será publicada na próxima sexta-feira, dia 12.

“Foi uma reunião produtiva onde obtivemos boas respostas por parte do secretário. esperamos que seja efetivamente cumprido.” Avaliou o presidente Cleiton Pinheiro.

Jonas Amaral

Jonas Amaral - RP Nº: 911 - DRT / TO - Diretor Geral e Editor Chefe do Portal do Amaral – E-Mail: [email protected] – Tel. (63) 98471-7540 / 99975-7227

Os comentários aqui postados expressam a opinião dos seus autores, responsáveis por seu teor, e não a do Portal do Amaral. Compartilhe suas opiniões de forma responsável, educada e respeitando as opiniões dos demais, para que este ambiente continue sendo um local agradável e democrático. Obrigado.
error: Conteúdo protegido!!